Wednesday, October 14, 2009

Visitante


Olha só quem aparece quase todos os dias no meu quintal!

Saturday, September 5, 2009

Sabores


Uma das coisas que eu curto bastante aqui é a diversidade em geral. Não apenas de pessoas mas também de produtos e culinárias. Eu tenho a sorte de ter uma amiga taiwanesa, a Vicky, que me leva para uns picos asiáticos bacanas e me faz provar coisas bem diferentes. A última coisa a que fui apresentada por ela foi uma rede de lanchonetes chinesa chamada Quickly. É meio estranho chamar de lanchonete, porque o forte deles são os sucos e vitaminas, mas eles também vendem sorvete e comida. Mas enfim, o fato é que fiquei viciada nessa batida aí da foto. Adivinha do que é feita essa vitamina roxa? Inhame! Conhecido aqui como taro, é um tipo de raíz roxa que talvez não seja exatamente o inhame que temos no Brasil mas foi a tradução mais próxima que encontrei. Hum... delícia! Eles também tem de feijão verde, entre mil outros sabores, um dia tomo coragem de provar e se for bom eu conto aqui pra vcs.

Saturday, August 29, 2009

Outside Lands Festival

Ontem fomos no primeiro dia do Outside Lands Festival, que é um festival de música incrível que acontece todos os anos no Golden Gate Park. São três dias de evento, e no ano passado fomos nos três dias. Esse ano decidimos ir só no primeiro dia, que teve show do Incubus e Pearl Jam além de vários outros.
Foi um dos dias mais quentes de San Francisco desde que estou aqui, e foi uma delícia curtir shows ótimos ao ar livre, no parque. Agora, sei que esse assunto já está repetitivo e até chato aqui, mas o que me deixou mais impressionada do que os shows e o clima delicioso no parque, foram os sinais de que sim, estamos em San Francisco (fotos abaixo). Hehehehe...

Refil de garrafinha de água por um dólar, para ajudar a reduzir a quantidade de garrafas plásticas utilizadas no evento.


Reciclagem, claro!


Energia solar


Alimentação saudável promovida pelo supermercado natureba Whole Foods

Sunday, August 9, 2009

Nostalgia...



A Dani achou e colocou no Facebook dela. Achei tão fofo, e essa versão está tão lindinha, não resisti compartilhar esse tesourinho que me faz lembrar como é gostoso e simples ser criança.

Sunday, August 2, 2009

Meu quintal



Sobre porque é uma delícia morar em casa: poder sentar no seu próprio quintal com uma mantinha e uma garrafa de vinho e ficar vendo o sol se por assim, tão lindinho, com direito a arco-íris e tudo.

p.s. o "gancho" vermelho e branco é a Sutro Tower, uma antena que pode ser vista de praticamente toda a cidade (quando não está coberta por fog) e tem a vista mais linda da cidade de lá de cima.

Saturday, August 1, 2009

Sábado à noite, pedir uma pizza...


E, quando você mora em San Francisco, ter o impacto ambiental da entrega (?!!) compensado pela empresa, que adquire os créditos de carbono necessários para que sua pizza chegue em casa com emissões zero!

Tuesday, July 28, 2009

Ah... publicidade!



Esse é um post momento-samelo, para matar a saudade de quando eu estudava publicidade e achava tudo o máximo, lindo, inteligente, criativo e até emocionante (faz tempo...). Comercial bonitinho que vem bem a calhar nesses dias em que ando pensando no tempo, na vida, no passar das gerações e no futuro.

Thursday, July 23, 2009

Tuesday, July 14, 2009

Ai, quanta caixa!


Mudamos no sábado. Quando os quadros estiverem pendurados - o que eu considero o sinal de que a mudança chegou ao fim e estamos definitivamente instalados - eu escrevo sobre a nova casa e o novo bairro.

Monday, July 13, 2009

Meu prefeito é pop!!


Ele quer ser o próximo governador da Califórnia, já que o nosso atual "governator" não pode mais se reeleger. Ele discursou uma vez dizendo que o casamento gay é uma realidade inevitável, "whether people like it or not". Ele tem Facebook, um programa no rádio e uma conta no Twitter com mais de 750 mil seguidores. O cabelo dele (sim, vc leu direito, o cabelo dele) também tem sua própria conta no Twitter. Ele saiu na Elle de junho, numa matéria entitulada "The Hottest Prospect" e onde é chamado de "Mayor McHottie". Ele realmente é bem bonitão. Ele aprovou recentemente uma lei onde prédios comerciais tem que seguir certos padrões de construção ecológica (aqui chamado de LEED) e uma outra que obriga os moradores de San Francisco a separar o lixo composto (casca de ovo, pó de café, flores, casca de frutas, etc.) para reciclagem e produção de adubo, sob o risco de se levar uma multa de cem dólares. Ele é a favor de se discutir a legalização da maconha. Ele parece mais um ator de Hollywood. Bonitão, liberal, cheio de consciência ecológica, ele é Gavin Newsom, nosso prefeito.

Recomendo

Leio e recomendo um outro blog de brasileira em San Francisco, o da Cynthia: http://blogjobing.wordpress.com

Sunday, July 5, 2009

4 de Julho


Ontem foi o feriado mais importante para muitos americanos: o dia da independência deles. Caiu no sábado, mas na sexta foi feriado porque "sempre temos um fim-de-semana prolongado no 4 de Julho" - segundo um amigo nosso.
Como passei o feriado ilustra bem a percepção que eu tenho hoje em dia da "américa" (sou contra usar esse termo, afinal américa é muito mais que os states, mas estou usando aqui em homenagem ao orgulho americano - uma vez por ano, vai).
Aniversário de um amigo em Tiburon, uma cidadezinha fofa ao norte, atravessando a Golden Gate. Um sol maravilhoso que faz lembrar que, afinal de contas, é verão na Califórnia. Um bar com mesinhas ao ar livre, perto da baía, super lotado. Nossa mesa mais lotada ainda, "causando" porque a gente não conseguia sentar todo mundo ao mesmo tempo. Na hora de pagar a conta, alguém jogou uma nota de dez reais no meio dos dólares e os outros gringos se empolgaram, aí virou aquela festa, tinha dinheiro brasileiro, canadense e até taiwanês no meio.
E comentamos que esse é um fenômeno que faz muito parte do que é a nação americana. Imigrantes formaram, formam e provavelmente continuarão formando o que são os Estados Unidos. Além do fato de isso nos fazer sentir mais bem-vindos - ou menos peixe-fora-d'agua (afinal, eu não sou a única gringa com sotaque estranho nas redondezas), acho muito bacana a diversidade que se encontra aqui, de gente, de idéias, crenças, culinárias... muito rico e muito bom estar aqui, absorvendo tudo ao máximo.

Thursday, July 2, 2009

Wednesday, July 1, 2009

So San Francisco...

Junte o "jornal" mais incrível com a green-mania da galera e o que vc tem? Dor nos músculos abdominais de tanto rir.


Taco Bell's New Green Menu Takes No Ingredients From Nature

Saturday, June 27, 2009

Estou assim



Hoje vou ao aeroporto duas vezes. A primeira viagem foi cedinho, 6h da manhã, para levar mon amour que vai passar uns dias em NY à trabalho. De noite, vou levar - contrariada - irmã querida que volta pro Brasil depois de uns dias ótimos de muitos passeios, ainda que tenham sido também um pouco cansativos (eu e minha mania de matar as visitas de exaustão!)
E aí eu fico sozinha com um apertinho no coração, com um monte de saudades deles e de mais um monte de gente, com vontade de ir pra NY ou pro Brasil também, e com essa sensação esquisita que eu tenho quando constato que provavelmente nunca vai ser possível estar em todos os lugares ou, principalmente, com todas as pessoas que eu gostaria ao mesmo tempo. 
Daí vou passar o domingo assim, com um trabalhinho meio chato para terminar pra segunda, o sol morno do verãozinho que chega aqui em SF com muita boa vontade e se Deus quiser mandar o fog passear em outro canto, e ouvindo esse sonzinho gostoso que por algum motivo me faz sentir que mesmo com o peito meio apertado e uma vontade de abraçar o mundo está tudo certo e no lugar, e que a vida é incrível mesmo.

Thursday, June 18, 2009

Bairros de San Francisco - Ferry Building by Paulinha

Oba, a série dos bairros de SF continua, terceiro "capítulo": post super legal da Paulinha sobre o Ferry Building, um pedaço super bacana da cidade. Clica aqui.

Thursday, June 11, 2009

Virando bicho-green


Eu acho que já comentei (talvez até demais) sobre o quanto a população de San Francisco e da Bay Area têm vocação para eco-conscientes (ou eco-chatos, dependendo do ponto de vista). Realmente, essa onda de consciência ecológica é fortíssima aqui, e bem fácil de se notar pela quantidade de Smarts e Prius, de sacolinhas reusáveis super fashion, garrafinhas metálicas para água, gente pedalando e usando transporte público, e por aí vai.
Prova do quanto a cidade lidera a turma dos "vamos-fazer-o-planeta-um-lugar-melhor-para-as-futuras-gerações" é o projeto que a prefeitura de San Francisco acabou de lançar: o Urban EcoMap. Trata-se de um site onde os cidadãos encontram informações sobre as emissões de gases com efeito estufa da cidade, separados por bairro e por principal fonte de emissão (transporte, energia e lixo). 
Além de comparar os bairros uns com os outros e com a meta de emissões estabelecida pela cidade (que é de 20% de redução até 2012), os usuários recebem um monte de dicas e recursos para reduzirem suas emissões e assim, colaborarem com o objetivo da cidade.
Super bacana, não?

Tuesday, June 2, 2009

Stuff white people like!!! (including me...)


Eu não sei como eu demorei tanto para conhecer esse blog/livro (valeu, Esteban!) aqui. É a coisa mais engraçada dos últimos tempos, principalmente quando você se identifica em vários itens (yoga, Whole Foods, festivais de cinema, microcervejarias, baladinha anos 80, snowboard, arquitetura, Netflix, produtos orgânicos, Obama, sushi, escalada em rocha, vintage, The Onion, estágio não-remunerado, jantarzinho na casa dos amigos, San Francisco... e mais!). Além da lista em si, os textos também são muito bons, de chorar de rir.
Tudo bem (para os chatos de plantão), sim, é uma generalização, estereótipo que soa até meio racista mas não, o autor não se refere à todas as pessoas brancas (alguém consegue definir isso?) e sim  ao grupo de pessoas de classe média alta, alta escolaridade e inclinação política à esquerda. Ah, vamos, você sabe do que estamos falando, não é?

p.s. Acabei de descobrir que já fizeram variações no mesmo tema: Stuff Asian People Like e Stuff Ghetto People Like. Mas o original é muito melhor...

Saturday, May 23, 2009

Ó minha cidade aqui, ó!

É engraçado e até meio ridículo, mas eu adoro ver (e reconhecer) a cidade que eu moro (eu já morei, ou visitei) em filmes e comerciais. Há um tempo atrás, quando eu assisti Ensaio sobre a Cegueira aqui, quase tive um troço de tanta emoção ao reconhecer o minhocão. Sim, logo o minhocão, aquela coisa tão feia que era uma das possíveis rotas do meu caminho de casa em São Paulo mas que eu até evitava de tão horroroso. 
Então, olha só minha atual cidade querida nesse comercial da Audi que legal! No segundo 30, o predinho de tijolinhos do lado esquerdo é o trabalho de mon amour.


Bairros de San Francisco parte II - Crissy Field


Vou logo esclarecendo que o Crissy Field não é bem um bairro e sim um lugar de San Francisco, precisamente essa faixa verdinha que aparece no meio dessa foto acima, mas eu mantive o nome da "série" para não ficar diferente do primeiro post, ok?

Um ex-aeroporto militar, que fica dentro do parque Presidio (também uma ex-base militar), esse é um dos meus pedacinhos preferidos da cidade! Pra começar, é no Crissy Field, na minha opinião, que fica a melhor vista da Golden Gate Bridge, o provavelmente mais famoso cartão-postal de San Francisco.


Além dessa área gramada grandona, onde eu o Ri gostamos de brincar de frisbee de vez em quando,  há uma praia bem gostosinha no Crissy Field, onde eu costumo dizer que é onde os cachorros são felizes. É um espaço "dog-friendly", o que significa que eles podem correr livres, leves e soltos da coleira, ir na água e fazer amigos. Fofo!


Tem também tem uma trilha de chão batido bem bacana ao longo da praia e passando por uma espécie de laguinho, onde as pessoas fazem caminhada, correm ou andam de bicicleta.



E uma área bem gostosa de fazer churrasco ou piquenique, de graça. Só precisa chegar cedo para pegar um lugar vazio, nos dias ensolarados fica lotado!


Lá no final da trilha, tem uma barraquinha de cachorro quente incrível que tem pão francês(!) e um nome divertido. O cheiro é irresistível!


Logo depois do hot dog, bem na ponta, ainda tem um pier que está sempre cheio de gente pescando. Deve ser gostoso, com uma vista dessas!


 É também no Crissy Field que fica a minha academia de escalada indoor (a qual eu tenho frequentado pouco, por sinal...) Eu amo a vista da ponte no final do dia quando estamos dirigindo pra academia, é de encher a alma. E é uma delícia ir escalar num lugar com uma vista tão bonita, até reduz um pouco (eu disse um pouco) a minha preguiça de ir treinar. A academia também ajuda, novinha em folha e super bacana. Já levamos alguns amigos para ir lá experimentar escalada por um dia, é um programa bem divertido.



Outro lugar que eu curto e que também fica por ali (aliás, é o melhor lugar para estacionar o carro quando você vai ao Crissy Field) é a loja de equipamentos esportivos gigante Sports Basement.  A loja é ótima e os preços também. Além de roupa e equipamento pra neve, tapete de yoga, equipamento para acampar, óculos de natação, bola de volêi e tudo o que você pensar para qualquer esporte que você imaginar, lá também tem umas roupas bem legais. Toda vez que eu vou na loja e me vejo cercada de equipamentos esportivos, dá uma vontade de ser atleta mesmo, pra valer (mas infelizmente passa rápido!)



Já um pouco acima do Crissy Field, mas ainda dentro do parque Presidio, fica um restaurante pequenininho, chamado La Terrasse. Gostamos de ir lá para sentar do lado de fora e tomar um chopp nos dias de sol (o hamburguer é bem decente também.)

Os únicos pontos fracos do Crissy Field são: 1) não é muito fácil de chegar usando transporte público (tem que caminhar um pedaço razoável por dentro do parque Presidio) e 2) às vezes está fazendo um dia lindo, sol, céu sem nuvens e quando você chega lá, animadíssima, está um vento dos diabos e um frio de rachar. Mas ainda assim a vista é tão linda que vale a pena!!!

p.s. Aguardem o capítulo 3 da série dos bairros de SF, no blog da Paulinha!
p.s. 2 Nem todas as fotos são minhas, peguei emprestado daqui, daqui, daqui e daqui.

Ah... o verão!


Os dias estão ficando cada vez mais longos e isso é sinal de que o verão já aponta na esquina! Apesar de aqui em San Francisco o clima no verão não ser bem assim o que normalmente se espera da estação (lembra?), ainda assim é bom demais! Tem as feiras de rua, o festival de música do Stern Grove, os dias que duram até as 9h da noite e, vez ou outra, um calorzinho que permite até ir na praia. Sr. Verão, pode vir (quente?), que eu estou esperando ansiosamente!

p.s. a foto é do ano passado, na praia de Carmel-by-the-sea, cidadezinha fofa que fica a 2 horas de carro daqui.

Friday, April 24, 2009

Estava de visita


Estou há um tempão sem escrever aqui, e não que eu queira desculpar o que na verdade é muito motivado por preguiça mesmo, mas eu também estava de visita! Foi uma delícia - e também bem intenso - ter minha sis querida e seu namorado aqui comigo por uns dias. (Sis, já estou com saudades!)
Quase matei os pobrezinhos de exaustão pois meu roteiro foi non-stop, incluída uma viagem para fazer a última sessão de snowboard da temporada - e que rendeu à mim e à minha irmã um roxo inacreditável em nossos respectivos derrières.
O curioso foi perceber como, ao mesmo tempo em que eu sinto uma vontade enorme de compartilhar tudo o que vivo e gosto aqui, essa é tarefa das mais difíceis, para não dizer impossível mesmo. Porque viver no exterior é uma experiência tão rica, intensa, cheia de conflitos, de momentos bons e ruins, de descobertas - de lugares e de você mesmo - que simplesmente não tem como passar nem mesmo um pouco do que é essa experiência simplesmente levando as pessoas queridas para os lugares que você gosta na cidade ou contando histórias sobre como você não sabia onde pagar o ônibus ou dar gorjeta pro garçom no seu cartão de crédito.
Porque o pôr-do-sol de cima daquela montanha linda olhando a Golden Gate Bridge e o oceano Pacífico não tem o mesmo significado para uma pessoa que está de férias e para alguém que está longe da sua família, da sua cultura, mas que mesmo assim está amando e achando incrível essa sensação de como o mundo de repente ficou maior para você.

Tuesday, April 14, 2009

Bairros de San Francisco - Mission

Então, dia desses, acho que faz uns meses já, comentei com a Paulinha que estava afim de fazer uma "série" aqui no blog falando dos bairros de San Francisco. A idéia na verdade foi inpirada pela Carol, que mora em Paris e escreve um blog bem bacana de lá. Uma vez, ela começou a postar visitas aos cartões postais de Paris, idéia que eu achei bem legal (Carol, continuo esperando os próximos, hein?)
Daí resolvi fazer também, e como a Paulinha curtiu, combinamos de compartilhar a empreitada, afinal San Francisco tem muitos bairros, todos interessantes. A idéia é que eu escrevo sobre alguns, ela sobre outros, e postamos os links uma para a outra. E ela já começou! Escolheu um bairro dos mais bacanas, o latino Mission. Confere aqui.

Saturday, April 11, 2009

Feliz Páscoa



Estranho não ter todo o ritual de semana santa. Quando eu era pequena, ia na igreja desde o domingo de ramos, a quinta de lava pés (sempre achei curiosíssimo esse dia), na sexta feira santa nada de carne, no sábado mais igreja e no domingo finalmente a recompensa: um ovão de chocolate!
Agora, que eu moro aqui nos EUA - onde nem é feriado - e que a minha Dindinha querida - quem sempre me levava para a igreja - mora no céu, a semana santa fica muito esquisita. Ainda assim, boa páscoa para todos nós! E vocês do Brasil aproveitem e comam todos os ovos de sonho de valsa com os quais eu vou ficar sonhando aqui...

Sunday, March 29, 2009

J'adore mon école! A mí, me encanta el CCSF!




Para quem não é familiar com o sistema educational dos Estados Unidos - meu caso quando cheguei aqui - entender a diferença entre college e university, ou que diabos significa ser sophomore, pode parecer complicado.
Mas na verdade é bem simples. Tanto os quatro anos de high school (que no Brasil são três, no segundo grau), quanto os quatro anos de universidade recebem nomes especiais: freshman, sophomore, junior e senior, nessa ordem. Então, ser sophomore significa estar cursando o segundo ano, seja de high school ou de college.
Sim, daí tem também a confusão college e university. Colleges ou community colleges são um intermediário entre a high school e as universidades, onde você pode cursar os dois primeiros anos da sua formação universitária (freshman e sophomore) para depois disso transferir para uma universidade (de quatro anos) - lembrando que aqui você só precisa escolher o seu curso (major) no final do seu ano sophomore (nos dois primeiros anos todo mundo é obrigado a concluir uma formação básica em inglês e matemática). Já university é o equivalente às nossa universidade, sem mistério.
O que talvez cause um pouco mais de confusão é que quando se fala, em inglês, sobre seu tempo de universitário o correto é usar a palavra college mesmo, tipo "when I was in college..."- ainda que você nunca tenha frequentado um community college e tenha ido direto para os quatro anos numa universidade.
Os community colleges, além de serem uma alternativa à entrar direto numa universidade, são abertos à pessoas como eu, que já passaram da fase universitária mas querem estudar línguas, música, arte, astronomia, literatura, culinária ou qualquer coisa que o interesse (em algumas áreas, como culinária por exemplo, você pode se formar, com um associate degree - mais ou menos como os nossos cursos técnicos no Brasil).
Essa introdução toda ao sistema universitário americano é para eu poder apresentar o meu community college: City College of San Francisco. É lá que eu estou estudando esse semestre, antes de começar o meu MBA, e estou maravilhada. É uma universidade pública, o que significa que os prédios não são novinhos, a estrutura não é de última geração e tudo o mais que quem já frequentou qualquer universidade pública já sabe (apesar de a estrutura ainda ser bem melhor do que no Brasil).
Em compensação, os professores são os melhores que eu já tive em minha vida, a universidade é aberta para qualquer um que tenha segundo grau completo e queira se matricular, eles oferecem cursos de tudo quanto é assunto que alguém possa se interessar (no verão estou pensando em fazer dança contemporânea!) e - a melhor parte - eu pago só 20 dólares por crédito, o que significa menos de 200 dólares para um semestre inteiro de aulas de espanhol, francês e piano. Não é tudo de bom?

Sunday, March 22, 2009

Os jardins do meu bairro












Chegou a primavera! Oficialmente, no dia 20 de março, e para comemorar, um festival de flores dos jardins das casas de gente rica aqui do meu bairro. Eu, que estou longe de ser rica e moro num quarto-sala, também tenho direito à um jardim lindo, o da última foto.

Thursday, March 19, 2009

Garota eu vou pra Califórnia...


Antes de me mudar para cá, quando eu já sabia que viria, eu coloquei essa música do Lulu Santos no meu toque de celular. Eu sei. É ridículo, mas eu não resisti, porque cada vez que meu celular tocava no meio da confusão e do estresse do meu trabalho, eu me lembrava - e lembrava meus parceirinhos - que logo, logo eu estaria vivendo a vida sobre as ondas.
Bem, no mar mesmo eu só entrei uma vez aqui, visto que a água deve ser mais gelada que na Antártica, mas que a vida tem uma levada gostosa nessas bandas, isso tem.
Exemplo disso são os dias que estão começando a fazer agora, e que eu sei que irão durar até mais ou menos junho, daí vai ter um intervalo em julho quando fica tudo nublado, e depois se Deus bem quiser voltarão em setembro, outubro e quem sabe até novembro. Bom morador de San Francisco - e da Bay Area em geral - adia qualquer coisa que seja que ele tenha para fazer pelo direito - e quase dever - de curtir um dia maravilhoso de sol e céu azul e barquinhos na baía e parques gramados verdinhos e cachorros e crianças e pássaros e flores.
Eu, que comecei a "trabalhar" - em aspas porque só estou ganhando mesmo experiência por enquanto - estou fazendo aulas de espanhol e francês ao mesmo tempo e ainda tenho a minha casinha para tomar conta, ando bem ocupadinha por esses dias e por isso ando meio devagar aqui no blog. E daí, quando me sobra algum tempo, entre um compromisso e outro, entre a escalada e um drink com as amigas, ultimamente ao invés de vir aqui escrever umas linhazinhas, quero mais é ir lá fora. Então, desculpa aí a ausência.

A foto é do pôr-do-sol que eu vi hoje no ponto de ônibus aqui do lado.

Sunday, March 8, 2009

Cenoura que te quero orgânica ou o maravilhoso mundo dos vegetais em San Francisco


Aqui em San Francisco, na Bay Area e na California em geral (com alguma diferença no grau de intensidade diretamente proporcional à ordem citada) o orgânico-maníaco se sente em casa; o Wal-Mart não entra;o foodie encontra ervilhas roxas organicamente cultivadas ao som de Mozart; o pequeno produtor local sobrevive; e todos somos felizes assim!
Quando eu fui ao Brasil no final do ano, algumas pessoas me perguntaram como era aqui, se rolava de comer bastante vegetais, se era verdade que as frutas não tinham gosto de nada. Eu mesma tinha essa mesma impressão antes de me mudar, imaginava os supermercados americanos cheios de enlatados e coisas pouco nutritivas e bem fraquinhos na sessão de verduras.
Mas na verdade, pelo menos aqui em SF, o retrato é outro, completamente oposto. A oferta - e demanda - de produtos orgânicos é enorme e visível para qualquer um que visite um mercado aqui. E a variedade também é excelente. Para pessoas como eu que curtem experimentar coisas novas, é um paraíso. Essa foto das cenouras coloridas ilustra bem, não?

Thursday, March 5, 2009

...

Thursday, February 26, 2009

Monday, February 9, 2009

Gi na neve


Aqui em San Francisco não neva. Graças a Deus!
Essa foto foi tirada nesse fim de semana, fomos para uma estação de esqui que fica a duas horas e meia daqui para fazer snowboard. Foi ótimo, mas eu fiquei me perguntando: como podem seres humanos sobreviverem num frio desses um inverno inteiro?
Conclusão: snowboard é muito legal, as montanhas cheias de neve são lindas, a neve branquinha é a coisa mais fofa, mas eu sou muito mais Trancoso!